Archive for 22 de março de 2009

Da piscina para o mar…

22/03/2009

Para quem acaba de concluir o curso de mergulho ou até mesmo para aqueles que já o praticam, aqui vão algumas dicas  que farão a diferença debaixo d’água:

1. Sempre  mostre sua presença, diga quando partirá e qual marca pretende atingir;

2. Não escolha roupas escuras como preto ou azul marinho. Você fica invisível dentro d’água;

3. Pare de olhar seu relógio ou seu profundímetro. Você tem toda a vida para progredir;

4. Não solte o ar dentro d’água, guarde-o;

5. Jamais fique no fundo, mesmo se estiver se sentindo bem. Prefira a apnéia estática quando estiver próximo à superfície.

Conflitos Navais da Costa Brasileira

22/03/2009

Ao contrário do que muitos pensam, aconteceram diversos conflitos navais na costa brasileira. O mais recente deles foi na Segunda Guerra Mundial, e só foi possível com o fornecimento pelos americanos, de aviões, treinamento de soldados, navios e da criação da base militar de Parnamirim Field em Natal. A base de Parnamirim foi inicialmente criada com o objetivo de facilitar uma invasão aliada à África, mas acabou sendo usada como apoio à patrulha costeira.
Na costa brasileira, centenas de navios foram afundados. Alguns já foram localizados e são mergulháveis atualmente. Esses são alguns deles: Campo, Elihu B.Washburne e Itapagé.
Dos vários submarinos que atacaram e afundaram navios na costa brasileira, alguns encontraram aqui seu destino final. Foram destruídos por aviões ou navios. Um destes submarinos, o U-199 foi atacado e afundado por uma tripulação brasileira, fato que causou grande satisfação à população. O avião que realizou este feito, o Consolidated pby Catalina, foi batizado mais tarde de “Arará” e sua tripulação foi condecorada.
Os submarinos afundados na costa brasileira são: U-128, U-161, U-164, U199, U-507, U-513, U-590, U-591, U-598, U-662 e o italiano Arquimede.

Por ser um tipo de embarcação mais raro, o naufrágio de submarinos desperta muito interesse nos mergulhadores. No Brasil, nunca foram, encontrados destroços de U-BOATS – abreviação de  “Unterssebooten” – (submarinos Alemães), altamente explorados nos Estados Unidos e Europa. Os U-BOATS são o grande sonho de mergulhadores brasileiros de naufrágio.

Quem sabe não há um escondido nessa vasta área costeira?