Abandono Temporário

01/03/2011 by

Gente, eu olho esse blog e fico com dor no coração e tê-lo abandonado por tanto tempo, mas devido ao TCC, horário do trabalho e cansaço mental por não tirar férias há muito tempo, acabei deixando ele de lado. OK, que também cansei um pouco do assunto, por isso to começando um novo blog agora, mas prometo que assim que retomar o fôlego, volto a escrever para o Até Debaixo D’Água!

Bjos a todos os leitores…e continuem mergulhando na leitura!

Fish & Chips

19/08/2010 by

Gente, tá mais difícil eu postar do que completar um Sudoku. Mas, vamos lá. Como comer é uma das maravilhas da vida, posto uma receitinha fera, pelo menos em Londres! Hummm, saudadinhaaa…..

Fish & Chips, ou, peixe e fritas!

Ingredientes

4  batatas
quanto baste de óleo de soja para fritar
1/2 kg de pescada branca em iscas
1 xícara (chá) de farinha de trigo
1 colher (café) de sal
1 colher (café) de bicarbonato de sódio
1 colher (chá) de vinagre branco
1 xícara (chá) de água

Modo de preparo

  Lave, descasque e corte as batatas em palitos de 1 cm de espessura. Após cortadas, mantenha os palitos em água bem gelada. Aqueça bem o óleo em uma frigideira funda. Retire da água gelada, somente a porção de batatas que será imediatamente frita, tomando o cuidado de seca-las bem com um pano limpo. Vá fritando as batatas aos poucos, para que o óleo não esfrie demasiadamente. Quando estiverem douradas, retire com uma escumadeira e transfira para uma tela, grade ou peneira de ferro (se colocar em papel absorvente elas murcharão). Mantenha aquecidas.
Em um recipiente, misture o sal e a farinha.
A parte, misture o bicarbonato e o vinagre.
Adicione a mistura de vinagre a a água à mistura de farinha e mexa bem, até que fique uma massa homogênea. Seque bem as iscas de peixe e mergulhe-as na massa, fritando em óleo quente apenas 5 iscas de cada vez, para que não grudem umas nas outras. Quando prontas, proceda como as batatas e escorra em tela, grade ou peneira de ferro.
Sirva o peixe com as batatas.

Para uma receita tipicamente londrina, esmague  ervilhas e aproveite!!! É uma delícia!

Foto tirada de um restaurante X em Londres rsss - tava bão gente!

Mas, fica a dica: não é todo lugar que é bom hein?!!?

Bon Apetit!

Fonte: Cybercook

Patrimônio da Unesco

02/08/2010 by

É isso ae gente, depois de meses out of the world, graças ao TCC, estou de volta! E pra começar essa nova fase, de quase 300mil acessos, farei um post sobre um dos Patrimônios Mundiais da Unesco, o Atol Bikini nas Ilhas Marshall.

Foto: Divulgação Unesco

O Atol Bikini,  foi utilizado pelos EUA para 67 testes nucleares feitos entre 1946 e 1958. Ainda hoje é possível observar os navios naufragados durante essa época. É uma beleza sem igual, pelo menos nas fotos!

Navios do Atol Bikini - Foto: Divulgação Unesco

 Bonito não?? Ah! E só para constar, nesse meu retorno, tentarei manter o mesmo esquema de 3 posts por semana mas, não garanto gente!!Ainda estou em ritmo mental vagaroso!!

Fonte: Terra Mundo

Bo-Zushi

13/04/2010 by

Finalmente consegui um tempo para postar, mas já vou avisando que continuarei a fazer posts bem esporádicos por causa do TCC, que me consome absurdamente dia-a-dia!rss. Voltarei ao normal no segundo semestre! Se Deus quiser!

Mas, como comida japonesa está na moda, resolvi colocar uma receita oriental para vocês, queridos leitores. Bom Apetite!

Ingredientes

300 gr de salmão limpo
500 gr de arroz japonês
quanto baste de wasabi

Modo de preparo

  Coloque o filé do salmão com o lado da pele para cima (sem pele). Com a faca deitada, corte fatias bem finas e largas da parte superior do filé e reserve. Coloque o plástico sobre a esteira de sushi. Disponha as fatias sobre o plástico uma do lado da outra cobrindo levemente a fatia ao lado. Molde um bloco de arroz e coloque sobre o peixe. Enrole o plástico para prender o salmão com o arroz, vire ao contrário e molde com a esteira dando um formato quadrado ou retangular. Corte em fatias de 3 cm e sirva com shoyu e wasabi.
 

Dicas

- Para facilitar o corte e não desmanchar o sushi, mantenha o plástico na hora de cortar.

Gostaram?? Mandem suas sugestões, dicas e opiniões.

Bo - Zushi

Receita do CyberCook.

Vocabulário de Rafting e Canoagem

10/03/2010 by

Primeiramente, quero dizer que os posts ficarão mais irregulares devido a minha correria com o trabalho de conclusão de curso, mas que depois de julho, tudo volta ao normal!

Segundo, quem nunca ouviu termos estranhos, a priore não deu bola, e depois precisou e muito deles. Pensando nisso resolvi colocar alguns termos de rafting e canoagem para não ter erro!

Vamos lá…

- Momento: Quantidade de energia com que o bote se desloca para determinado ponto;

- Peso à direita: Neste comando todos os integrantes do bote deverão se posicionar do lado direito do bote com o cuidado para não soltar a mão de cima do suporte do remo e nem ajoelhar no fundo do bote. Este comando é usado na eminência de uma virada de bote ou para sair de um refluxo;

- Refluxo: Redemoinho que se forma após uma corredeira;

- Ked: Luz química para rafting noturno;

- Flip: Virada do bote;

Quer saber mais? Acesse o site do IG. E caderno na mão.

Canoagem - Foto: Google Image

Churrasco do Mar

03/03/2010 by

Quer inovar?Churrasco do mar.

Ingredientes

400 gr de camarão pistola
300 gr de meca em cubos médios
1 unidade(s) de anchovas
3 dente(s) de alho amassado(s)
1 xícara(s) (chá) de azeite de oliva
1 colher(es) (sopa) de salsinha picada(s)
quanto baste de erva-doce
1 unidade(s) de limão siciliano
quanto baste de pimenta-do-reino branca
quanto baste de sal

Modo de preparo

  Tempere os camarões e os peixes com sal, pimenta do reino e azeite. Asse na churrasqueira, virando-os somente uma vez. Faça o molho para acompanhar com azeite, limão siciliano, alho amassado, pimenta do reino e sal. Após assar os peixes e os camarões pincele o molho por cima e sirva com salada de erva-doce.

Espetinho de camarão - Foto: Google Images

 

Receita do Cybercook.

Cruzeiro no Gelo

01/03/2010 by

Cansado da mesmisse de roteiros? Então que tal ir pra Svalbard, Noruega?

Viajantes em busca de aventura estão apressando-se para visitar o Ártico antes que o aquecimento global o deixe irreconhecivel. Alguns cruzeiros param em Longyearbyen, capital de Spistbergen, no arquipélago de Svalbard. Estes cruzeiros passam pela  Noruega e pela Islândia.

As companhias oferecem itinerários interessantes, com barcos que percorrem a ilha em busca de ursos polares, focas e baleias. Isso se o gelo não estiver grosso demais. Pede-se levar botas e capa de chuva, além de muita roupa quente para os passeios pelos icebergs em botes infláveis.

Gostou? Então, prepare o bolso pra comprar tanta roupa de frio!

Muito lindo não?? Gostei! - Foto: Terra

Baseado na matéria do Portal Turismo do Terra.

Imagem da Semana

26/02/2010 by

Essa imagem é muito curiosa, pois mostra golfinhos como se estivessem surfando. Tem um até no tubo!!

Foto: BBC Brasil

Ilhas Scilly – Inglaterra

24/02/2010 by

Descobri, vendo o site do Terra, essa maravilha na Inglaterra. De acordo com a Revista Americana Frommer’s essa maravilha é o nono lugar para se visitar em 2010.

Este pequeno arquipélago é reduto de beleza natural dos britânicos situada no Atlântico. O acesso é fácil, pois barcos, helicópteros ou aviões partem do continente com frequência. Existem cinco ilhas habitadas: St. Mary’s, Tresco, St. Martin, St. Agnes, e Bryher, e mais outras 150 intactas e desabitadas. Você pode desfrurtar de cafés, ou se aventurar com caiaques, vela e windsurfe. Anualmente acontece o Gig-racing Champions, regatas de clássicos barcos de trabalho a remo.

Vale a pena só pela foto!

Próximo destino! Foto: Google Images

Quanto dar de gorjeta?

22/02/2010 by

Se você é mão de vaca, não viaje de cruzeiro. A política da  gorjeta é cruel. Outra dica também é não viajar com dinheiro contado e esquecer das gorjetas, afinal precisamos de muitos dos serviços que necessitam desse dinheirinho mágico! Vamos lá…

A política de gorjetas nos cruzeiros varia de companhia pra companhia mas, pra nossa sorte, as empresas que realizam cruzeiros na América do Sul cobram as gorjetas no ato da compra do pacote, pois perceberam que muitos não pagavam a bordo e/ou achavam ruim. Portanto, as gorjetas obrigatórias nessas companhias é paga antes. Ótima tática!

Para você saber quais valores irão te cobrar, ou quais terão que pagar antecipadamente, aqui vão uma base de valores;

Para viagens de cruzeiro na América do Sul (lembrando que os preços variam de navio pra navio):

USD$ 9,00 por dia por adulto

USD$ 4,50 por dia e por criança menor que 18 anos

Para viagens para o Mediterrâneo e Norte da Europa:

EUR$ 7,00 por dia e por adulto e 3,50 por dia e por criança de 14 a 17 anos, para viagens até 8 noites

EUR$ 6,00 por dia e por adulto e 3,00 por dia e por criança de 14 a 17 anos, para viagens acima de 8 noites

Crianças com menos de 14 anos não pagam gorjetas no Mediterrâneo e no Norte da Europa.

É dinheiro que não acaba mais né??

Foto: Google Images

Baseado no Turismo e Variedades.


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.